O País – A verdade como notícia

Trentyre Rasterinhos vence primeiro grande prémio Picanto Cup 2021

A equipa composta pela dupla Cristian Bouché e Andre Bettecourt superou a concorrência, ao cabo de três mangas e convenceu, no último sábado, o júri tendo-se sagrado o grande prémio do Picanto Cup 2021.

Noite de glória para a Trentyre Rasterinhos…depois de um sábado intenso de provas e repleto de adrenalina na pista do ATCM. Sem excessos, celebrou-se como se recomenda em tempos de pandemia no regresso da prova.

A vitória da dupla Cristian Bouché e Andre Bettecourt começou a ser desenhada na sessão de qualificação, uma prova com 12 voltas na pista e que produziu momentos de cortar a respiração. O certo é que a Trentyre Rasterinhos, através do piloto “A”, Cristian Bouché, saiu desta etapa na quarta posição com o tempo de  1 minuto, 53 segundos e 183 centésimos.

Apesar de Mauro Almeida, da Moztek Racing, ter terminado a sessão de qualificação na primeira posição com o tempo de 1 minuto, 50 segundos e 172 centésimos, o que garantiu à sua equipa a “pole position” na primeira manga não foi suficiente para travar as intenções da Trentyre Rasterinhos.

Nesta etapa, o piloto “A”, Cristian Bouché, conseguiu terminar a corrida em terceiro lugar. Por seu turno, o seu companheiro de equipa, Andre Bettencourt, fez mais e voltou a confirmar a sua supremacia nas provas do Picanto Cup, ao terminar a segunda manga em primeiro lugar, abrindo caminho para a disputa do pódio.

Na última prova, a manga de resistência, ao fim de 30 voltas, a dupla Mauro Almeida e Sandro Alves terminou na primeira posição e Cristian Bouché e Andre Bettecourt quedaram-se na segunda posição, mas, mesmo assim, depois de perto de uma hora, Trentyre Rasterinhos conquistou maior pontuação do juri, tendo sido determinado vencedor da prova. Além de medalhas, a dupla recebeu uma taça de vencedor do primeiro grande prémio do Picanto Cup.

Na segunda posição, ficaram os pilotos Sandro Alves e Mauro Almeida da Moztek Racing com o carro 21. Já a terceira posição foi ocupada pela Moztek Eleven formada pelos pilotos Manuel Barbosa e Pedro Perino.

No fim, só houve motivos para celebrar…

UM DESAFIO ULTRAPASSADO, DIZ RODRIGO ROCHA

Depois de um dia repleto de provas, Rodrigo Rocha, Presidente do ATCM, disse estar feliz com o nível competitivo apresentado pelos pilotos, sendo que foi difícil organizar a prova num contexto de muitas restrições. “Organizar um evento desportivo em período de pandemia é um desafio acrescido. É certo que antes da COVID-19 já existiam normas de segurança que são regra para este tipo de provas. Com a pandemia, tivemos que redobrar as nossas atenções para que não tivéssemos situações que colocassem os participantes em risco. É para nós uma responsabilidade acrescida, pelo Governo ter-nos dado a possibilidade de realizar essas provas. A Picanto Cup e a prova de carros modificados são as disciplinas máximas do automobilismo em Moçambique, por serem as que apresentam mais velocidade, maior número de provas, maior desgaste físico. Estamos felizes pelo que pudemos assistir aqui”, destacou o dirigente para, depois, dizer que as ambições não param por aqui.

“Na próxima semana, teremos a primeira prova de Karting, o Campeonato ATCM Karting, prova que apura o representante de Moçambique para as provas internacionais da modalidade. Quanto mais a situação das contaminações estiver estacionária ou reduzir, iremos introduzir outras provas no nosso calendário de provas”, terminou.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos