O País – A verdade como notícia

“Canário” procura voo alto não hidrocarbonizado

O Costa do Sol está a sete pontos da União Desportiva de Songo e espera por um deslize dos “hidroeléctricos”, para tentar aproximar-se da liderança e depois procurar o assalto no jogo em atraso que ainda tem por disputar diante do Ferroviário da Beira.
E para ensaiar melhor a estratégia para enfrentar e surpreender a ENH, o treino desta quarta-feira foi a porta fechada e sem nenhum adepto nas bancadas. Só mesmo os 15 minutos abertos à imprensa foi possível perceber que a motivação está patente nos jogadores. 
Um treino bastante intenso, caracterizado por uma combinação da estratégia a ser usada e o seu ensaio, onde também foram trabalhados os aspectos de domínio da bola, passe com precisão e remate a baliza, a busca de golos, que são os que dão pontos necessários para o alcance dos seus objectivos.
Nélson Santos sabe que não será fácil defrontar a ENH, que também tem seus objectivos e nem mesmo a vitória na primeira volta tranquiliza o técnico “canarinho”. “Esperamos um jogo difícil com um grau de dificuldades enormes no embate de domingo. João Chissano é um treinador que conhece muito bem a nossa equipa e por isso não vai facilitar no jogo. Dai que esperamos um jogo de grau de dificuldades elevado, mas nós temos que fazer a nossa parte, procurar marcar golos e sair daqui com a vitória e com os 3 pontos”, começou por dizer o técnico português ao serviço do Costa do Sol.
Quando faltam seis jornadas por disputar neste Moçambola ZAP, o estado anímico dos jogadores é elevado, por se tratar de uma equipa que está em segundo lugar, estando a disputar o campeonato nacional, está nas meias-finais da Taça de Moçambique, é o melhor ataque e a melhor defesa do Moçambola ZAP. Santos diz que são argumentos mais do que suficientes para se ter “uma equipa motivada, convicta, determinada e que sabe o que quer”, para além de que “é um grupo que me dá garantias de lutar por qualquer resultado em qualquer jogo e competição”.
Mas ainda assim é preciso que os adeptos continuem a confiar na equipa.
Os jogadores, também sentem a confiança e a determinação no seio do conjunto e consideram que o objectivo de conquistar o título está bem vivo e mais próximo. Lineker, avançado dos “canarinhos”, por exemplo, diz que a “ENH é uma grande equipa, mas esse jogo é como outro desta prova, que é importante para nós. Vamos procurar vencer, para podermos perseguir a liderança da prova”. E promete marcar golos no domingo.
Já Guirrugo, guarda-redes, disse que “ainda há muitos jogos por disputar e nada está perdido. A equipa está bem motivada para este jogo, que consideramos mais uma final e as finais são para serem ganhas”.
O Costa do Sol, que conta com um jogo a menos, soma 45 pontos, estando a sete pontos da liderança e recebe, domingo, a ENH, num jogo com transmissão em directo na Stv Noticias.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos