O País – A verdade como notícia

Idosos nos centros de acomodação em Sofala serão vacinados contra COVID-19 

Arrancou esta segunda-feira a segunda fase do processo de vacinação contra a COVID-19. Em Sofala, à semelhança do resto do país, a imunização irá abranger cerca de nove mil pessoas.

São, tal como na primeira fase, grupos alvos específicos, com destaque para os profissionais de saúde, população residente nos centros de acomodação com mais de 50 anos, reclusos, funcionários prisionais, polícias, professores do ensino primário e doentes crónicos.

O facto foi anunciado pela secretária do Estado da província de Sofala, Stela Zeca, numa conferência de imprensa. A dirigente acrescentou que, para o presente processo de vacinação, Sofala conta com 31 equipas, compostas por 180 técnicos, que estarão a trabalhar nos centros de saúde de referência na cidade da Beira, incluindo o Hospital Central e em todas as sedes distritais. As equipas de vacinação estarão, também, nos comandos da PRM e centros prisionais.

“Queremos apelar a todas as pessoas elegíveis a esta segunda fase de vacinação, a acorrerem aos postos de vacinação. Recordem-se que a vacinação não é para imunizar completamente. As doses de vacinação evitam apenas as formas mais graves de COVID-19. Também queremos recordar que a vacina tem duas doses. Se a pessoa elegível vacinar a primeira e não ser administrada a segunda dose, os resultados de imunização esperados não serão alcançados”, lembrou a Secretária do Estado.

A vacina que está a ser administrada, nesta segunda fase, foi produzida na Índia e denomina-se COVISHIELD.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos