O País – A verdade como notícia

OMS recomenda que não se venda animais selvagens vivos nos mercados

A Organização Mundial de Saúde apelou esta terça-feira ao fim da venda de mamíferos selvagens vivos em mercados de comida para prevenir a propagação de doenças.

“Os animais, em especial os animais selvagens, são a causa de mais de 70% das doenças infeciosas emergentes em humanos, muitas delas causadas por vírus novos. Os mamíferos selvagens, em particular, colocam um risco ao surgimento de novas doenças”, indicou a OMS em comunicado, citado pela AFP.

Em finais de Março, peritos da OMS e cientistas chineses, produziram um relatório que sugere que coronavírus passou de morcegos para humanos por meio de animal intermediário e considera improvável hipótese de vírus gerado em laboratório.

Uma constatação que confirma as primeiras previsões apresentadas no início de Fevereiro na cidade de Wuhan, onde o vírus foi detectado pela primeira vez, em Dezembro de 2019.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos