O País – A verdade como notícia

O que Umaro Sissoco Embaló procura em Moçambique

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau disse, há instantes, que o Presidente daquele país, que desde esta quarta-feira está de visita a Moçambique, procura “apoio para o relançamento da Guiné-Bissau” nas áreas de cooperação.

Carlos Pinto Pereira disse que o seu país está pronto para ajudar Moçambique no que estiver ao seu alcance.

A visita do presidente guineense a Moçambique foi alvo de várias contestações pelos partidos na oposição, que inclusive estiveram contra a entrega da chave da cidade pelo edil da Cidade de Maputo.

No entender do diplomata Carlos Pinto, é normal que questões como essas sejam levantadas.

Pinto explicou que Moçambique e Guiné-Bissau são países irmãos, daí ser crucial “elevar os laços de cooperação entre os dois países.

O ministro  dos negócios estrangeiros guineense disse ver em Moçambique um parceiro para alavancar  seu país nos diversos sectores de cooperação.

“No Porto de Maputo vimos algo inimaginável há anos atrás. A capacidade que o Porto de Maputo tem para a formação de quadros é enorme. Academias de polícia, formação de enfermeiros são outras áreas importantes para a formação”, detalhou Pinto.

1

Partilhe

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos