O País – A verdade como notícia

CNDH vai investigar alegado baleamento do menor por militares

O Conselho Nacional dos Direitos Humanos diz que vai destacar uma equipa para investigar o baleamento do menor Joaquim Mangwazi, ocorrido, ontem, no bairro de Sidwava, no Município da Matola.

O caso do baleamento do menor de seis anos, que os populares dizem ter sido efectuado por militares, deixou moradores do bairro agastados, tendo sido necessária a intervenção do comandante da nona esquadra para amainar os ânimos que estavam exacerbados.  

A Comissão Nacional dos Direitos Humanos, através do seu presidente, Luís Bitone, diz que vai, esta segunda-feira, destacar comissários para investigar as alegações dos populares. E se for o caso, responsabilizar o Estado pela morte do menor.

Apesar de os militares não terem ainda assumido, pelo menos publicamente a culpa, estas já prestaram apoio em víveres a família enlutada.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos