O País – A verdade como notícia

Alunos deslocados para Pemba ainda sem aulas

Dezenas de crianças deslocados de Palma  ainda não foram integradas nas escolas e, estando longe das suas casas onde tinham algumas actividades domésticas por realizar, hoje passam a vida a brincar.

Segundo apurou  o jornal O País, pelo menos no centro de acolhimento  transitório de deslocados de Pemba,  até ao momento, nenhuma criança foi integrada na escola.

“Eu estudava em Mocimboa da Praia na terceira classe, mas, por causa da guerra, mudei para Palma; quando estava para voltar à escola, os alshababes entraram e aqui, em Pemba, ainda não estou a estudar,” confirmou Anssumane Saíde, uma criança de 10 anos de idade.

Muitos dos alunos deslocados mostraram vontade de voltar às salas de aula, mas não têm o material escolar, pois não conseguiram resgatá-lo durante o ataque terrorista de 24 de Março.

“Eu não consegui levar nada e não sei como vou estudar, porque não tenho livros, nem cadernos, nem lápis,” disse Sinhara Nguira, uma menina de 11 anos que deixou os seus pais em Palma e vive com uma tia no centro de acolhimento transitório de Pemba.

A demora na integração de alunos deslocados preocupa alguns pais e encarregados de educação, que receiam que os seus educandos percam o ano lectivo 2021.

“Eu vim com três filhos, um está na terceira classe, outro na sexta e outro na nona classe, mas, desde que chegámos, ainda não fomos informados nada sobre a educação escolar,” revelou Afate Alfane.

Oficialmente, ainda não foi anunciado o número de crianças que ficaram sem aulas devido aos ataques terroristas à Vila de Palma, no dia 24 de Março último, e muito menos o número das que voltaram às salas de aula depois de terem fugido para as zonas seguras  da província de Cabo Delgado.

O’PAÍS contactou a Direcção provincial de Educação para obter informações sobre a situação dos alunos e professores de Palma, incluindo a previsão de reaberturas das escolas encerradas desde o dia em que vila foi atacada pelos supostos terroristas, mas, até hoje, não teve respostas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos