A arte de matar nas redes sociais

Está a tornar-se viral no país alguém anunciar, em grupos de WhatsApp ou noutras redes sociais, a morte de uma figura pública ou de anónimos,