O País – A verdade como notícia

“Sociedades hiperconectadas devem ser inclusivas”

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, dirigiu a cerimónia de abertura da 5ª edição da maior feira tecnológica do país, MOZTECH, evento que decorre no Centro de Conferências Joaquim Chissano, em Maputo, sob o lema “Construção de uma sociedade de conhecimento hiperconectada”.

Na ocasião, Mesquita saudou a organização pela criação do espaço MOZTECH, que considera constituir uma oportunidade para promoção de debates que contribuam para busca de soluções tecnológicas para o desenvolvimento do país.

O governante disse esperar que o espaço sirva, igualmente, como  plataforma de incentivo ao empreendedorismo e um espaço de incubação das tecnologias de informação e comunicação (TIC).

A participação do Governo, nesta feira, constitui uma oportunidade para abordar o desenvolvimento das TIC  e construção de uma sociedade hiperconectada. Aliás, falando no assunto, apontou a recente instalação de internet grátis no Jardim Tunduru, como um passo significativo para essa criação e disse que o gesto será replicado em vários pontos do país, para permitir que mais cidadãos tenham acesso às TIC.

Mesquita acrescentou que a construção de sociedades hiperconectadas teve ser tida como um processo incontornável na criaçao de uma sociedade moderna, por isso, voltou a saudar a realizaçao da feira MOZTECH, pois tem mobilizado toda a sociedade e impulsiona o desenvolvimento das TIC através dos debates promovidos a cada edição.

No entanto, referiu que estas criações de sociedades modernas e hiperconactadas devem ser inclusivas e respeitar as diversidades culturais e linguísticas.

Por outro lado, apresentou constrangimentos como o fraco domínio e acesso às TIC, e frizou que a alfabetização digital é fundamental no processo.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos