O País – A verdade como notícia

Criança de sete anos morre por COVID-19 em Inhambane

O novo Coronavírus voltou a fazer das suas e não poupou a vida de uma criança de apenas sete anos de idade, na província de Inhambane. A morte aconteceu no dia 27 de Novembro, segundo o Ministério da Saúde, mas só esta quinta-feira foi tornada pública.

A vítima, do sexo masculino, foi testada para COVID-19 no dia 24 de Novembro passado e o resultado, positivo, ficou disponível no dia 02 de Dezembro em curso.

O Ministério da Saúde esclarece que a criança já estava morta quando o resultado das análises às amostras para a COVID-19 ficou disponível.

“A província de Inhambane levou um tempo considerável” para “notificar à sede”, em Maputo, “de que o óbito do dia 27 de Novembro tinha a ver com o resultado das amostras colhidas no dia 24 de Novembro, e que saíram no dia 02 de Dezembro”, explica a instituição.

A província de Inhambane soma quatro mortes devido à COVID-19, dos 139 registados em todo o país. Destes, 107 são da cidade de Maputo.

De quarta para quinta-feira, mais 81 pessoas foram diagnosticadas com o novo Coronavírus no país e o cumulativo, desde Março, aumentou para 16.521.

As autoridades de saúde reportaram mais 19 pessoas sem o vírus na província de Gaza, seis em Inhambane e igual número na Zambézia.

Assim, Moçambique regista 14.715 pessoas já livres da doença. Ou seja, 89.1% de todos os infectados.

Há, neste momento, 1.663 casos activos, refere o Ministério da Saúde.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos