O País – A verdade como notícia

Lloyd Harris alcança pódio do Open de Dubai

Lloyd Harris, atleta sul-africano que conquistou o Open de Maputo, em 2015, alcançou um feito inédito no Dubai Duty Free Championships, um dos maiores eventos do ténis a nível mundial, ao conseguir marcar presença, pela primeira vez, na final do torneio.

Na competição da qual participaram cerca de 500 dos melhores atletas masculinos da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), Harris acabou perdendo a final para o russo Aslan Karatsev, numa prova em que até esteve bem, mas a experiência do russo acabou vincando.

O atleta sul-africano, que ocupa a posição 81 no ranking da ATP, teve que suplantar outros grandes tenistas para chegar a grande final, a começar pelo australiano Christopher O’Connell (número 122 no ranking ATP), a quem venceu para garantir a sua passagem aos dezasseis-avos de final. Nessa fase afastou o austríaco Dominic Thiem (número 4 do ATP).

Nos jogos subsequentes, o atleta derrotou o sérvio Filip Krajinovic (número 33 do ranking da ATP), nos oitavos-de-final, e o japonês Kei Nishikori (antigo número 3 e actual 41 do ranking da ATP), nos quartos-de-final.

Já nas meias-finais, Lloyd Harris venceu o canadiano Denis Shapovalov (número 12 do ranking da ATP), terminando a sua boa prestação na competição ao sucumbir para o russo russo Aslan Karatsev, naquela que foi a única derrota na competição que decorreu entre os dias 7 e 20 de Março.

Nascido na cidade de Cabo, Lloyd Harris, de 24 anos de idade, é o primeiro sul-africano a participar na prova. É, também, o primeiro atleta a chegar às meias-finais depois de passar pelos jogos de qualificação desde a criação do torneio, em 1993.

Para além de vencer o segundo Future da quinta edição do Standard Bank Open, em 2015, Lloyd Harris foi finalista vencido do primeiro Future da sexta edição do certame, em 2016.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos