O País – A verdade como notícia

Selecção de futebol de praia confiante que chega ao CAN do Senegal

A selecção nacional de futebol de praia está na recta final dos trabalhos de preparação com vista a eliminatória diante das Comores, de qualificação ao CAN da modalidade. Equipa técnica e jogadores estão motivados e assumem desejo de conseguir um lugar no CAN do Senegal.

Esta será a quarta vez que o combinado nacional de futebol de praia tenta a qualificação inédita a uma fase final do Campeonato Africano das Nações da modalidade, e desta vez com a vantagem de ser apenas uma única eliminatória.

Mau grado não haver muitas informações sobre o adversário, Comores, tal como disse o seleccionador nacional, Abinério Ussaca. “Não temos uma informação real sobre o adversário porque Comores não tem muita história. Não estamos a falar só do futebol de praia, estamos a falar de todas categorias de futebol. Não estamos a conseguir ter informação exata, não estamos a conseguir ter vídeos, jogos e estamos praticamente às escuras”, disse Ussaca.

Ainda assim, a motivação está em alta no seio do conjunto nacional. “Mas nós não estamos muito preocupados com as comores. A nossa preocupação agora somos nós mesmos. Queremos fazer a diferença, trabalhar para demonstrar isso no terreno, ganhar os jogos, passar a eliminatória e dar alegria aos moçambicanos que esperam muito de nós, tendo em conta que é a nossa grande oportunidade de chegar ao CAN”, assegurou o seleccionador nacional.

Nem a paragem de mais um ano sem competições tira o sono do combinado moçambicano, com o seleccionador nacional a privilegiar aspectos físicos e tácticos para dar mais consistência e resistência aos jogadores.

“Não é fácil ficar um ano sem jogar. Por isso nesta última fase temos estado a trabalhar vários aspectos e temos estado a priorizar jogos entre eles, sendo dois períodos de manhã e três períodos de tarde”, disse Ussaca para depois acrescentar que “primeiro trabalhamos os aspectos técnicos e tácticos e só depois vamos a introdução do próprio jogo”.

Além disso, segundo Abinério Ussaca, “temos estado a trabalhar o aspecto psicológico dos jogadores, por exemplo, de manhã trabalhamos com linhas imaginárias e de tarde já traçamos as linhas. Isso porquê, para vermos a diferença da evolução psicológica dos jogadores”.

 

Jogadores motivados e prontos para Comores

Os jogadores do combinado nacional sentem que estão mais próximos da glória e prometem de tudo fazer para chegar ao Senegal, em Maio próximo. Nelson Manuel diz mesmo que esta é a única oportunidade que o país tem de chegar ao CAN. “Temos que ter confiança, vontade e capacidade de mostrar as coisas. Não há outra coisa, só estamos atrás de um único resultado, a vitória convincente lá, para que eles venham aqui com mais uma dificuldade”, disse Nelson Manuel que acrescentou que a motivação está em alta.

Quem também confirmou essa motivação é Fádio Ainadine, que disse que “estávamos a espera de ir ao CAN já há muito tempo e acho que não vamos perder esta oportunidade, frente a um adversário que sabemos que é a primeira vez que vai tentar uma qualificação”.

Mas a maior preocupação dos jogadores e da equipa técnica é o facto da selecção das Comores terem jogadores que actuam na França, pese embora não tenham muitas informações sobre o seu estado físico actual.

Moçambique vs Comores é eliminatória única de acesso ao CAN do Senegal e a primeira mão joga-se em Moroni, a 26 de Março, equanto a segunda mão está marcada para Maputo, a 10 de Abril próximo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos