O País – A verdade como notícia

Pessoas com COVID-19 morrem à porta dos grandes hospitais de Nova Deli

Os hospitais da capital indiana estão em colapso. Este sábado, o país bateu um novo recorde diário de 2.624 mortes associadas à COVID-19, enquanto o Governo se esforça para tentar fornecer oxigénio aos hospitais, sobrecarregados por centenas de milhares de novos casos.

De acordo com relatos de médicos e pacientes da capital indiana de Nova Deli, recolhidos pela Sky News, centenas de pessoas estão a morrer nos passeios das ruas, juntos aos grandes hospitais, enquanto esperavam para ser admitidas e vistas por um médico.

Neste momento, a falta de oxigénio, camas e espaço para os doentes são as questões mais urgentes, segundo escreve o Notícias ao Minuto.

O caso mais grave foi registado no Hospital Guru Teg Bahadur. A agência Reuters documentou a situação através de imagens, nas quais é possível ver-se profissionais de saúde a recolherem corpos de cidadãos que morreram nas ruas e familiares em desespero devido ao momento trágico.

Nas imagens vê-se também pessoas em macas no parque de estacionamento do hospital, algumas a receberem oxigénio. Fotografias tiradas com um drone mostram ainda crematórios improvados nas cidades, construídos pelos próprios residentes com piras funerárias.

Além das mortes, a Índia mais 340 mil novos casos, elevando o total para 16,5 milhões no país, colocando-o em segundo lugar atrás dos Estados Unidos, o país mais afectado do planeta.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos