O País – A verdade como notícia

MDN confirma ataque à Palma e diz que comunicação por via telefónica está interrompida

Um grupo de terroristas atacou, na tarde de ontem, à vila de Palma, na província de Cabo Delgado. O Ministério da Defesa Nacional confirma a incursão e diz que não há informação sobre vítimas humanas ou danos causados porque a vila está incontactável por telefone.

“No dia 24 de Março de 2021, por volta das 16:15, um grupo de terroristas atacou a vila de Palma em três direcções. No cruzamento de Pundanhar-Manguna, Via Nhica do Rovuma e Aeródromo, obrigando a população residente a abandonar a vila e refugiar-se na mata, não havendo até este momento informação sobre vitimas humanas e danos causados. A vila e o distrito de Palma encontram-se neste momento com as comunicações por via móvel interrompidas. As Forças de Defesa e Segurança estão a perseguir o movimento do inimigo, para estabelecer a segurança e ordem com rapidez”, disse o porta-voz do MDN, Omar Saranga.

O Ministério da Defesa Nacional apela para que as populações se mantenham serenas enquanto buscam por locais seguros e sejam vigilantes contra as novas tentativas de manipulação e intimidação feitas por terroristas.

“Apelamos à população a colaborar com às autoridades denunciando os terroristas e os homens armados para a sua neutralização”, reiterou Saranga.

O MDN Reitera ainda o compromisso de defesa da soberania, unidade nacional e segurança da população.

O ataque à vila-sede de Palma ocorre semanas após reestruturação nas Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM), bem como a instituição de um Teatro Operacional em Afungi, que visa garantir a protecção do projecto de exploração de gás, liderado pela francesa Total.

O ataque ocorre, igualmente, um dia depois da Total e o Governo terem anunciado a retoma, para breve, das actividades do projecto de gás, na península de Afungi. Afungi dista há cerca de 50 quilómetros da vila sede de Palma.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos