O País – A verdade como notícia

MDM aguarda permissão para reunir-se e eleger novo líder

O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) está sob liderança interina desde o falecimento do líder e fundador, Daviz Simango. Restrições devido à pandemia da COVID-19 impedem os membros do partido de realizarem o referido encontro.

O MDM disse, hoje, que aguarda por uma resposta do Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, para reunir o conselho nacional que vai escolher a data do congresso para eleição do novo líder do partido.

“Nós já submetemos o pedido para a realização do nosso conselho nacional, uma vez que estamos neste período de calamidade face à COVID-19. O nosso conselho vai albergar mais de 150 pessoas e o novo decreto não permite, por isso é que estamos à espera do despacho”, disse Sande Carmona, porta-voz do MDM, citado pela Lusa.

O conselho nacional do partido vai definir a data para a realização de um congresso para eleição de um novo presidente, em substituição de Daviz Simango, fundador do partido que morreu em Fevereiro passado vítima de doença.

“Tudo indica que, ainda neste mês, vamos realizar o conselho nacional, mas estamos reféns do despacho final do Ministério da Justiça”, frisou Sande Carmona, acrescentando que “o partido está estável, apesar do vazio face à morte de um membro fundador”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos