O País – A verdade como notícia

Mais de 5 mil jovens esperados na VII edição do Concurso Jovem Criativo

Para o efeito foi, hoje, lançada a iniciativa. Na ocasião, Oswaldo Petersburgo, Secretário de Estado da Juventude e Emprego desafiou todos os jovens a participarem da iniciativa.

Com objectivo de incentivar a mentalidade criativa nos jovens, a nível de todo o país, a Secretaria de Estado da Juventude e Emprego lançou a edição VII do Concurso Jovem Criativo. Na ocasião, Oswaldo Petersburgo destacou os objectivos que se pretendem atingir com a iniciativa.

“Queremos uma juventude cujo brio não se cinja apenas na capacidade de identificar e debater problemas, mas sim o brio de trazer e implantar soluções, demonstrando, deste modo, a sua capacidade criativa, originalidade, qualidade, relevância social, cultura e económica”, disse o dirigente para depois avançar que “para este desiderato, o Prémio Jovem Criativo dá sua contribuição como um programa do Governo, que visa empoderar a juventude através da identificação, reconhecimento e distinção de jovens que se evidenciam, de forma impactante, nas áreas de empreendedorismo, inovação tecnológica e criação artística, gerando soluções concretas para as suas comunidades”.

Petersburgo destacou ainda a necessidade de os jovens pautarem por condutas exemplares, principalmente nas redes sociais. “Queremos aproveitar o ensejo para saudar e estimular os jovens e demais entidades que contribuem, positivamente, para uma postura exemplar dos jovens através da publicação de mensagens e imagens construtivas, quer em redes sociais, quer em outros canais tradicionais. Importa ressaltar que as redes sociais têm o poder de construir ou destruir, por isso convidamos todos a optarem por conteúdos que ajudem os adolescentes e jovens a assumirem uma postura patriótica, exemplar e eticamente correcta – é nossa responsabilidade individual construirmos o Moçambique que queremos”, destacou.

Por seu turno, a FUNUAP, em representação dos parceiros do projecto, destacou que os jovens devem aproveitar as facilidades tecnológicas existentes para inovar. “Temos consciência que há um potencial enorme de inovação e criatividade no seio da juventude moçambicana. Reiteramos que este tipo de eventos é uma oportunidade impar para despertarmos esse potencial quiçá adormecido por falta de oportunidades. Com a expansão das tecnologias de comunicação e informação e uso cada vez mais abrangente de redes socais, achamos que este é o momento de criar e fornecer plataformas e oportunidades para que os jovens possam explorar a sua inovação e criatividade, particularmente nesse contexto de pandemia da COVID-19”, avançou.

Lembre-se que, para este concurso, existem três categorias, nomeadamente, inovação tecnológica, inovação artística e empreendedorismo. A iniciativa decorre de 3 de Maio a 29 de Outubro, sendo que a premiação dos vencedores deverá ser feita em Cabo Delgado em homenagem às vítimas do terrorismo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos