O País – A verdade como notícia

Mais de 200 detidos após manifestações do Dia do Trabalhador em Berlim

A polícia de Berlim fez cerca de 240 detenções durante os vários comícios de 1º de Maio, marcados na noite de sábado por confrontos, tendo qualificado de “violência inaceitável” os distúrbios ocorridos.

“A violência em comícios é absolutamente inaceitável”, disse Barbara Slowik, oficial da polícia alemã citada pela agência France Presse, falando em, pelo menos, 20 policias ligeiramente feridos.

No total, cerca de 30.000 pessoas marcharam no Dia do Trabalhador em várias manifestações ao longo do dia na capital alemã, a maioria das quais ocorreu de forma pacífica.

Foi à noite que a situação ficou tensa quando, segundo a polícia, as forças de segurança dispersaram uma manifestação da extrema-esquerda, cujos membros não respeitaram as restrições de saúde relacionadas com a pandemia de COVID-19.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos