O País – A verdade como notícia

Atletas nacionais vão ser vacinados contra COVID-19 a partir de segunda-feira

A informação foi avançada, na tarde desta quarta-feira, pelo Secretário de Estado do Desporto, Carlos Gilberto Mendes, durante um encontro havido com federações desportivas moçambicanas.

Do encontro veio uma revelação: a partir de 3 de Maio todos atletas filiados às federações serão imunizados contra o novo Coronavírus.

A atribuição de prioridade na vacinação contra a COVID-19 aos atletas de alto rendimento ajudaria os olímpicos moçambicanos a diminuir a sua ansiedade e a optimizar o seu desempenho em Tóquio.

Mas igualmente beneficiaria equipas com compromissos internacionais, o caso dos “Mambas”, na Cosafa e na qualificação para o Mundial do Qatar 22, bem como às equipas masculinas e femininas do Ferroviário de Maputo, que já prepararam participação para a BAL (Basketball África League) e para a Taça dos Clubes Campeões Africanos, respectivamente.

Uma das modalidades de alto risco, o basquetebol, congratula a decisão da vacinação para o regresso seguro de competições ao nível nacional, já que é uma das áreas de sucesso do país e não pode continuar parado.

“É uma boa iniciativa. Os nossos atletas estarão mais seguros em campo, queremos voltar a competir nos campeonatos nacionais e ao nível provincial”, reagiu Roque Sebastião, presidente da Federação Moçambicana de Basquetebol.

O ténis é uma das modalidades que regressou à actividade, em Agosto do ano passado e os atletas têm estado a seguir o protocolo sanitário estabelecido, ainda a aguardar pela vacinação.

“O ténis, felizmente, desde o ano passado, nunca esteve parado, aliás, foi a primeira competição desportiva nacional a iniciar actividades desde o cancelamento no país em Abril de 2020, devido à COVID-19. A vacinação é bem-vinda, tendo em conta que temos atletas que estão a competir internacionalmente”, disse Jonas Alberto, presidente da Federação Moçambicana de Ténis.

No encontro em que as várias federações desportivas estiveram com o Secretário de Estado do Desporto para determinar o protocolo sanitário a ser seguido, tendo em conta a retoma das competições, houve, igualmente, espaço para os representantes das modalidades apresentarem planos para o futuro e o ponto de situação de actividades, tendo Carlos Gilberto Mendes dado nota positiva ao decurso do campeonato nacional de natação, realizado no “novo normal”, com observância rigorosa do protocolo sanitário.

O Secretário de Estado do Desporto exigiu, ainda, rigor às federações, na observância do protocolo sanitário, sobretudo no futebol, por reunir massas e prometeu fiscalização apertada a partir da quinta jornada do Moçambola.

Na reunião que durou cerca de três horas o dirigente defendeu união de esforços para que o desporto moçambicano melhore e solicitou às federações projectos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos