O País – A verdade como notícia

Hoje ou nunca!

Os Mambas defrontam, esta noite, Cabo Verde em partida da última jornada da fase de qualificação ao CAN dos Camarões. O único resultado que interessa é a vitória, sob pena de dizer adeus à fase final da prova continental do futebol. Por isso mesmo, para os Mambas é “hoje ou nunca”.

Com a calculadora na mão e muita pressão dos milhões de moçambicanos, os Mambas entram hoje em cena, na derradeira oportunidade de garantir um lugar na fase final do CAN dos Camarões em 2022.

Apesar da confiança demostrada pela equipa técnica e jogadores na antevisão ao jogo de mais logo, as contas são bastante complicadas para as aspirações do combinado nacional. Terá que fazer um jogo de conjugações para garantir o apuramento, já que não depende somente de si para essa qualificação.

 

Cenários de qualificação dos Mambas

Em termos de cenários, apenas um é funcional para a qualificação dos Mambas ao CAN. A selecção nacional é obrigada a vencer Cabo Verde, por qualquer resultado possível, mas também esperar que os Camarões não percam com Ruanda.

É que mesmo vencendo os Tubarões Azuis, passar a somar sete pontos, e o Ruanda vencer Camarões, qualifica-se-ia a selecção ruandesa, que passaria a somar oito pontos. Mas em caso de derrota ou empate do Ruanda, em Douala, diante dos Camarões, e uma vitória dos Mambas frente a Cabo Verde, a conta é favorável a Moçambique, que passará a contar o mesmo número de pontos com os Tubarões Azuis, mas com vantagem no confronto directo, primeiro critério de desempate, em caso de igualdade pontual.

É que os Mambas empataram na cidade da Praia a dois golos e mesmo tendo em saldo negativo de golos, a vitória beneficia aos moçambicanos.

 

Confronto de jogos favorável aos Mambas

No que diz respeito ao confronto directo, as duas selecções cruzaram-se apenas quatro ocasiões, com os Mambas a levarem vantagem, uma vez que venceram dois jogos, sendo um de qualificação ao CAN 2015, no Estádio da Machava, por 2-0, e outro amigável, à tangente, em jogo disputado em Massamá, Portugal.

Cabo Verde venceu apenas um jogo, em Praia, na fase de grupos de qualificação ao CAN 2015, por uma bola sem resposta, sendo que o único empate se verificou na segunda jornada desta fase de qualificação ao CAN-2021, na capital cabo-verdiana, a dois golos.

Kito, Domingues, Clésio, Telinho e Witi marcaram os golos dos moçambicanos diante dos Tubarões Azuis em todas as partidas disputadas, e desses, apenas Witi não estará na partida desta noite, no Estádio Nacional do Zimpeto devido a uma lesão.

Para este jogo, Luís Gonçalves já poderá contar com Ricardo Mondlane e Kamo Kamo Cumbane, últimos a integrarem a equipa que se encontra em estágio na Casa Militar.

 

Provável onze dos Mambas

Para esta partida diante do Cabo Verde, decisivo e de capital importância, Luís Gonçalves é obrigado a arriscar e montar uma equipa mais ofensiva do que defensiva, a colocar mais jogadores com faro de finalização, que possibilitem golos. Mas terá que arriscar em jogadores que desequilibrem na zona do meio campo para frente.

Assim, poderá apostar em Franque na Baliza, com um quarteto defensivo constituído por Chico e Jeitoso no centro, Sidique na direita e Bhéu, tendo em conta que Bruno Langa não se encaixou no jogo diante do Ruanda.

No miolo do terreno, Kambala continuará a ser aposta como médio defensivo, auxiliado por Kito, tendo Kamo Kamo na esquerda e Domingues na direita. Estes dois jogadores deverão alimentar a frente do ataque que poderá estar entregue a Luís Miquissone e Clésio.

Mas também poderá apostar em outros jogadores que garantam alguma segurança, casos do experiente Guirrugo na baliza, o próprio Bruno Langa na esquerda do ataque, tendo em conta que é um jogador com raides rápidos e cruzamentos venenosos, mas também em Amadu, a frente do Kambala, para aproveitar a sua altura e corpo físico, para além do seu remate portentoso do meio da rua.

Na frente do ataque, pode ainda apostar em Lau King, para as bolas aéreas, bem como em Ricardo Mondlane, que também tem feito muitos golos na sua equipa.

 

Cabo Verde confiante após treinar no ENZ

A selecção cabo-verdiana de futebol já treinou no Estádio Nacional do Zimpeto, local onde vai defrontar Moçambique, esta terça-feira, em jogo a contar para a última jornada do grupo F de qualificação para o CAN 2021.

Em busca do sonho, Cabo Verde não poderá contar com Ryan Mendes, Roberto Lopes e Steve Furtado, que devido a imposições dos seus clubes, não vão poder defrontar Moçambique. Recorda-se que estes jogadores alinharam de início na vitória de 3-1 sobre Camarões, sendo Ryan Mendes o grande destaque do encontro. Certamente baixas de peso e que Bubista terá que contornar para o confronto com a selecção moçambicana.

Ainda assim, Budista mostra-se confiante num resultado que garanta a passagem à fase final do Campeonato Africano das Nações, que terá lugar próximo ano nos Camarões. Aos Tubarões Azuis basta apenas um empate para chegar ao CAN, mas também a depender dos Camarões, que não devem perder na recepção ao Ruanda. A vitória de Cabo Verde garante, sem depender do outro jogo, um lugar no CAN-2021.

Dos convocados, apenas Hélder Tavares não treinou, tendo feito tratamento médico. Camarões lidera o Grupo F com 10 pontos, seguido de Cabo Verde com 7 pontos, Ruanda 5 pontos e Moçambique 4 pontos.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos