O País – A verdade como notícia

Aurélio Furdela distinguido pelo Ministério da Cultura e Turismo

Aurélio Furdela recebeu, sexta-feira, do Ministério da Cultura e Turismo, um diploma em reconhecimento do seu trabalho nos últimos anos na área literária no país.

Na sessão simbólica, o escritor recebeu o diploma de reconhecimento das mãos da Ministra da Cultura e Turismo, Eldevina Materula, que, na ocasião, afirmou que a visão do Governo é resgatar todos os valores da literatura moçambicana e de outras expressões artísticas, abraçando os seus fazedores através de iniciativas desta natureza. A dirigente também apelou ao escritor para continuar na militância em prol de uma geração de escritores mais expressiva.

Segundo o comunicado do  Ministério da Cultura e Turismo, Aurélio Furdela mostrou satisfação pelo gesto e atenção do Governo, manifestando o desejo de ver esta acção a ser replicada para a actual geração de escritores.

Aurélio Furdela tem um largo percurso como escritor, dramaturgo, guionista e letrista. O autor premiado no país e no estrangeiro publicou “De medo Morreu o Susto”, “Gatsi Lucere”, “O Golo que Meteu o Árbitro”, “As Hienas Também Sorriem” e Saga  d’Ouro. Como dramaturgo, escreveu e publicou várias peças originais para o programa de teatro radiofónico “Cena Aberta”, da Rádio Moçambique. É autor de duas radionovelas, no âmbito do programa N’weti em Moçambique. Como letrista, destaca-se como autor da canção oficial da X Edição do Festival Nacional da Cultura – 2018.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos